Conheça os tipos de solo ideais para o plantio de eucalipto
Foto Testeira

Conheça os tipos de solo ideais para o plantio de eucalipto

Conhecer os diferentes tipos de solo é importante para quem deseja investir nas atividades agrícola, pecuária ou florestal, uma vez que o solo representa a base de toda a produção.  

Neste artigo, vamos explicar o assunto e ir além, abordando:

  • A importância do solo
  • Como um solo é formado
  • Tipos de solo e as características que devem ser observadas para o cultivo de eucalipto 
  • Aspectos de análises do solo
  • Preparo do solo para a plantação do eucalipto e o cultivo mínimo

Continue conosco!

A importância do solo 

Antes de entendermos mais detalhadamente sobre os tipos de solo, é preciso ressaltar a sua importância, pois nele são produzidos alimentos, fibras e bioenergia que consumimos no nosso dia a dia. 

É do solo que as plantas retiram a água e os nutrientes essenciais para se desenvolverem, sendo primordial a sua qualidade para a obtenção de bons resultados produtivos.

Além disso, o solo contribui para o equilíbrio do ecossistema. Quando bem preservado, representa um grande sequestrador de carbono da atmosfera, auxiliando na mitigação do efeito estufa.

Como um solo é formado

A formação do solo acontece a partir da decomposição de rochas e minerais, que são fragmentados pelo desgaste causado pelo clima, vento, água e outros fatores naturais ao longo do tempo. Essa decomposição é facilitada pela ação de microrganismos, como bactérias e fungos, que transformam os minerais em nutrientes disponíveis para as plantas.

O processo de formação do solo também pode ser influenciado por fatores como a topografia, o clima e a vegetação. Com o tempo, os materiais orgânicos, como folhas e restos de animais, se acumulam no solo, enriquecendo-o ainda mais com nutrientes. 

À medida que o solo continua a se desenvolver, diferentes camadas ou horizontes são formados, cada um com suas próprias características físicas e químicas. Este processo é chamado de intemperismo e é de suma importância para a formação dos solos.

Tipos de solo e as características que devem ser observadas para o cultivo de eucalipto  

O eucalipto é uma árvore exótica que se adaptou bem ao Brasil, sendo atualmente cultivado nas cinco regiões brasileiras. 

Apesar da boa adaptação, alguns cuidados contribuem para que o eucalipto se desenvolva de forma mais produtiva. Dentre esses cuidados, está a avaliação do tipo de solo onde ele vai ser cultivado. 

No Brasil, existe uma grande diversidade de solos devido, entre outros fatores, às condições tropicais.

Essa diversidade implica na necessidade de avaliações dos potenciais e limitações de cada solo, atentando-se sempre para a sua sustentabilidade em função dos diversos usos e manejos aplicados.

No território nacional, possuímos treze ordens de solo, porém predominam três, ocupando 70% da área do país, sendo eles: 

  • Latossolos
  • Argissolos 
  • Neossolos. 

As demais ordens são os Cambissolos, Chernossolos, Espodossolos, Gleissolos, Luvissolos, Nitossolos, Organossolos, Planossolos, Plintossolos e Vertissolos.

No site da Geoinfo, você encontra um mapeamento dos solos presentes no país.  

Dessa forma, quando for plantar sua floresta de eucalipto, tenha em mente que:

  • a profundidade mínima do solo deve ser de um metro. Por isso, evite tipos de solo com profundidade efetiva reduzida, seja pela presença de rochas ou de lençol freático;
  • evite solos encharcados ou que inundem ocasionalmente, pois as árvores não se desenvolvem nestas condições. Apesar disso, a umidade favorece o desenvolvimento das mudas; por esse motivo, plantá-las em época de chuva pode ser uma boa estratégia, especialmente quando não se dispõe de irrigação;
  • para solos que não estejam nas condições adequadas, a recomendação é de que o plantio seja feito em espaçamentos menores (< 1.100 plantas por hectare). 

>>> Leia também: Quantos pés de eucalipto por hectare posso plantar” Descubra agora  

Por isso, antes de plantar eucalipto, recomendamos uma minuciosa avaliação das condições ambientais do local, como clima, relevo, vegetação e tipos de solo de cada região, bem como o cuidado com o preparo desse solo, como explicamos abaixo.  

Aspectos de análises do solo

A qualidade do solo é verificada tendo como base três aspectos: químico, físico e biológico. 

  • Aspectos químicos: englobam a fertilidade do solo, estando relacionados aos nutrientes que estão disponíveis no solo, assim como ao teor de matéria orgânica e à sua capacidade de reter e fornecer esses nutrientes para as plantas.
  • Aspectos físicos: dizem respeito à sua estrutura, composição mineralógica e à textura, que pode ser basicamente arenoso, média ou argilosa. Aqui, também são considerados itens como a sua densidade e capacidade de infiltração e retenção de água. Consequentemente, os aspectos físicos estão relacionados à capacidade do solo em possibilitar o crescimento radicular.
  • Aspectos biológicos: determinam a atividade de microrganismos que são importantes para a saúde do solo e também para a nutrição das plantas que dependem dele.

Uma análise de solo por amostragem é uma ferramenta muito útil para o diagnóstico de fertilidade, pH e compactação do local. A partir destes resultados, é possível realizar recomendações mais precisas de profundidade de preparo e fertilização, suplementando nutrientes nas quantidades necessárias para o desenvolvimento das florestas. 

A Bracell, líder global na produção de celulose, conduz a análise química e física por meio dos programas de Monitoramento da Fertilidade dos Solos e Mapeamento e Classificação dos Solos. Por meio destas importantes ferramentas, é possível realizar as aplicações de fertilizantes, corretivos e recomendações de preparo do solo de forma precisa e segura, como é explicado de forma mais detalhada no artigo Verdade ou mito: plantação de eucalipto prejudica o solo? 

Preparo do solo para a plantação do eucalipto e o cultivo mínimo

Tendo como base as informações resultantes das análises de solo, é possível atestar o tipo e a intensidade da intervenção para preparar o local que irá receber as mudas de eucalipto. O objetivo desta etapa é criar condições favoráveis para o desenvolvimento das plantas. 

É importante mencionar que o preparo de solo é sempre limitado à faixa onde as mudas serão plantadas, sendo feito com um sulcador. Em algumas situações, o preparo é feito apenas com uma cova.

Esse cuidado está relacionado ao Cultivo Mínimo, técnica de manejo florestal sustentável muito utilizada no Brasil por empresas de base florestal, como a Bracell, que tem como princípio realizar a menor interferência possível no solo.

Essa técnica foi desenvolvida na década de 1980 e se assemelha ao plantio direto na palha, que é aplicado na agricultura. 

Nas áreas manejadas com o cultivo mínimo, os resíduos vegetais resultantes da colheita da madeira são mantidos no local. Cascas, galhos e folhas protegem o solo de possíveis erosões, lixiviações e compactação, além de fornecerem nutrientes que contribuem para a manutenção da fertilidade do solo. 

Outra característica da técnica do cultivo mínimo é que o preparo do solo limita-se à linha de plantio das mudas. Outro ponto de destaque está no planejamento de alinhamento do plantio, que é pensado para favorecer a infiltração de água e a manutenção da umidade e dos nutrientes no solo.

Para a recomendação do tipo e intensidade de preparo do solo, são consideradas algumas características do mesmo, como textura, coesão, ocorrência de camadas adensadas e/ou compactadas.

<< Leia também: Plantio direto: o que é, benefícios e como implantar >>

Em resumo…

O eucalipto é uma árvore adaptada às diferentes regiões do Brasil. Porém, para obter bons resultados do seu cultivo, é necessário ficar atento aos tipos de solo que receberão suas mudas.

Através de análises, é possível verificar as condições do solo e realizar os manejos adequados para o plantio desta espécie.

Quando corretamente manejadas, as florestas de eucalipto são grandes aliadas da preservação da qualidade e da fertilidade do solo. Além do aporte de nutrientes e matéria orgânica proveniente das plantas, a reposição de corretivos, condicionadores e fertilizantes também beneficia o terreno, incrementando sua qualidade.

O emprego da Técnica do Cultivo Mínimo e o Programa de Monitoramento da Fertilidade dos Solos são algumas estratégias da Bracell para garantir a qualidade do solo que recebem a produção de eucalipto. 

Curtiu saber mais sobre esse assunto e os tipos de solo para eucaliptos? 

Caso tenha ficado com alguma dúvida, compartilhe conosco nos comentários. Teremos o maior prazer em lhe responder!

Autor

Iago Melo

Engenheiro Florestal, com mestrado em Solos e Qualidade de Ecossistemas pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Iago possui experiência nas áreas de ciência do solo e manejo florestal, atuando há 10 anos com Pesquisa e Desenvolvimento Florestal. Integra o time da Bracell na Bahia desde 2018 e atualmente ocupa o cargo de Pesquisador de manejo do solo, sendo responsável por todas as recomendações técnicas para mapeamento, classificação, conservação e preparo do solo.




Autor

José Luiz Gava

Engenheiro Florestal, com mestrado em Manejo de Florestas de Produção, pela Escola Superior de Agricultura Luiz Queiroz, Gava possui mais de 28 anos de experiência na área de nutrição e manejo da fertilidade do solo, atuando com recomendações técnicas para o manejo de florestas plantadas de eucalipto destinadas à produção de celulose e papel. Integra o time da Bracell desde 2017 como Especialista em Pesquisa e Desenvolvimento, sendo responsável por projetos de P&D relacionados ao mapeamento e ao manejo de solos, à definição dos ambientes de produção e ao desenvolvimento de tecnologias de manejo.

Conte-nos o que achou do texto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notifique-me por e-mail quando meu comentário for respondido.

Comentários

Olá, Felipe!
Tudo bem?
Verificamos aqui que você é de BH. Não atuamos nessa região, mas agradecemos o seu interesse em plantar eucalipto conosco.

Volte mais vezes ao nosso blog. Semanalmente publicamos novos conteúdos sobre preservação ambiental e o cultivo de eucalipto.

Forte abraço

Olá, José!

Ficamos muito felizes em saber que gostou do artigo.

Volte mais vezes!
Semanalmente publicamos novos conteúdos sobre preservação ambiental e o cultivo de eucalipto.

Forte abraço

Olá, Renato!
Ficamos muito felizes com o seu comentário! O propósito do nosso blog é realmente esse: apresentar informações confiáveis sobre o cultivo de eucalipto e boas práticas ambientais para propriedades rurais.

Toda semana postamos conteúdos novos, volte mais vezes! 😉

Forte abraço

Gostaria de receber informações sobre tipos de clones recomendado para o baixo sul.Visto que ficamos a merecer dos produtores de clones lá do sul da Bahia.

Olá Vicente, Tudo bem?

Muito obrigada pelo seu comentário. Ficamos muito felizes que tenha gostado do texto.
Volte mais vezes, toda semana publicamos novos conteúdos.

Forte abraço!

Olá Edimilson, tudo bem?

Muito obrigada pelo seu comentário. Ficamos muito felizes que tenha gostado do texto.
Volte mais vezes, toda semana publicamos novos conteúdos.

Forte abraço!!

Outras publicações que você pode gostar

Receba o contato de um especialista da Bracell para conhecer melhor o nosso modelo de negócio florestal

Preencha o formulário e, em até 3 dias úteis, um
especialista Bracell entrará em contato com você.










    Não se preocupe, suas informações estarão seguras.