Monitoramento aponta estabilidade dos recursos hídricos em área de manejo florestal ao longo de 26 anos
Monitoramento aponta estabilidade dos recursos hídricos em área de manejo florestal ao longo de 26 anos

Monitoramento aponta estabilidade dos recursos hídricos em área de manejo florestal ao longo de 26 anos

O mais antigo monitoramento de microbacia já realizado no Brasil pelo Programa de Monitoramento e Modelagem de Microbacias (Promab) – o do riacho Farje – acontece há 26 anos em uma propriedade da Bracell, em Alagoinhas (BA).

Em parceria com o Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais (Ipef), a Bracell faz o monitoramento hidrológico como ferramenta para analisar as relações entre o plantio de eucalipto e a água

O resultado da análise dos dados obtidos em 2022, em comparação com todos os anos anteriores, desde 1996, deixou os pesquisadores animados. 

Isso porque a pesquisa revela que o manejo florestal não tem provocado alterações relevantes na quantidade e qualidade da água na microbacia do Farje.

Os resultados da pesquisa foram apresentados a um grupo de técnicos da Bracell por Aline Fransozi, coordenadora executiva do Promab, programa idealizado pelo Ipef. Segundo Aline, o alto padrão do sistema de coleta de dados conduzido pela Bracell permitiu aferir dados com precisão, o que contribui para uma análise bastante completa da relação entre o manejo e os recursos hídricos da microbacia.

Túlio Queiroz, pesquisador em Ecofisiologia da Bracell, destaca que o nível da água da microbacia Farje é acompanhado diariamente a cada 15 minutos e a quantidade de dados diários em um ano deve ser superior a 292 dias.

“Foram mais de 30 mil dados armazenados digitalmente, 52 semanas de coleta que totalizam 240 amostras de água. Isso mostra o esforço da equipe técnica da empresa para atender aos requisitos para produzir indicadores de qualidade”, observa Túlio

Ainda de acordo com ele, durante os 26 anos de monitoramento, o consumo de água pelas florestas foi muito similar, entre 98% e 99% da precipitação média anual. “Além disso, as operações de colheita florestal, realizadas em abril de 2007, dezembro de 2014 e início de 2020 na microbacia experimental, não produziram mudanças significativas na dinâmica dos parâmetros monitorados quando comparados ao histórico”, pontua.

Microbacia Farje

O riacho Farje nasce na fazenda da Bracell que lhe dá nome e, ao sair da propriedade, passa a se chamar Quiricó Grande, percorrendo os municípios de Araçás, Itanagra e Pojuca, no litoral norte baiano, onde deságua no rio Pojuca.

Autor

Bracell

Somos a maior produtora de celulose solúvel do mundo, matéria-prima com alto teor de pureza obtida a partir do plantio sustentável de eucalipto e utilizada na fabricação de uma ampla variedade de produtos, como alimentos, cosméticos, roupas, remédios e tantos outros itens. A conservação do meio ambiente, por meio de projetos voltados à proteção e recuperação de matas nativas, da fauna e flora e conservação dos recursos hídricos é parte fundamental do nosso negócio.

Conte-nos o que achou do texto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notifique-me por e-mail quando meu comentário for respondido.

Comentários

Outras publicações que você pode gostar

Receba o contato de um especialista da Bracell para conhecer melhor o nosso modelo de negócio florestal

Preencha o formulário e, em até 3 dias úteis, um
especialista Bracell entrará em contato com você.










    Não se preocupe, suas informações estarão seguras.